quinta-feira, 4 de maio de 2017

SOBRETUDO MASCULINO

Oi meus amores, tudo bem?
Hoje vou compartilhar com vocês uma modelagem pronta para imprimir, de um sobretudo masculino que fiz para meu filho no ano passado.
Para confeccionar esta peça usei 3,80m de lã e 2 metros de satin para o forro.
Usei entretela de tecido para estruturar a gola e revel e para estruturar os ombros usei manta acrílica R1 e R2 para estruturar os ombros e costas. 
Confeccionei as ombreiras com manta acrílica comum e morim. 

(Clique na foto para ampliar)

Este é o arquivo de modelagem deste sobretudo. Mas tem algumas modificações do molde para a peça da foto:
O casaco foi confeccionado para ter abotoamento duplo, mas como não achei botões suficientes em uma cor compatível com o tecido tive que deicar abotoamento simples. Mas a modelagem é feita para ter abotoamento duplo no sobretudo.
Esta peça da foto está 20 cm mais comprida qu eo molde.
Neste sobretudo da foto foi colocado um cinto que não tem no molde, mas é uma tira de tecido simples.
Fiz a grade até o tamanho GG, que corresponde a um manequim aproximado do tamanho 48 ou 50. Se você quiser a peça maior ou menor que a grade  feita é só aumentar ou diminuir a grade acompanhando as marcações que já estão no  molde.

Basta baixar os arquivos e imprimir, por este link:

(Clique na imagem do Google Drive para abrir o arquivo)
 Não tem folgas para colar nas páginas então você deve somente encostá-las uma na outra, na sequência e colar com fita crepe, tá?

Da costura desta peça somente tem vídeo do bolso:

(Clique na imagem para abrir o vídeo)

Este arquivo também está para ser baixado nos arquivos do grupo MODELAGEM:

Se você não conhece o Grupo ESTILISTAS  te convido a participar:
https://www.facebook.com/groups/desenhodemodaeestilismo/


E este é meu primeiro livro: 
MODELAGEM FEMININO ADULTO. 
Ele é um curso completo de modelagem industrial e corte e costura sob medida:

(Clique na imagem para abrir o vídeo)

Beijos.


segunda-feira, 1 de maio de 2017

COMO AUFERIR AUMENTO DE SALÁRIO

Hoje, DIA DO TRABALHO,  vou falar um pouco a respeito de trabalho. 
Da minha experiência com o trabalho.
Minha vida foi alternada sempre em períodos nos quais trabalhei por minha própria conta e períodos nos quais fui empregada.
Durante os períodos em que trabalhei como empregada geralmente recebi um bom salário. E é sobre isto que desejo falar hoje.

Resultado de imagem para ESTILISTA

Em alguns dos meus empregos comecei ganhando muito pouco. 
Teve uma vez que comecei ganhando um salário mínimo. E um ano depois eu ganhava 10 salários na carteira mais comissões das vendas, sendo que eu não era vendedora, era na verdade estilista e modelista da empresa. Este foi apenas um caso, mas sempre meu salário girou em torno destes valores depois de algum tempo nas empresas. 
Nunca fiz chantagem com os patrões para ganhar aumento de salário. 
Nunca precisei pisar em ninguém para conseguir meus aumentos de salário.
Sempre trabalhei da melhor maneira que podia. Evitando faltar, mesmo com meus filhos pequenos, os quais criei sozinha, sempre lutei  para não faltar. Se precisava levar um dos dois no médico, na sequência ia para a empresa, para que meu dia inteiro não ficasse com falta. Muitas vezes trabalhei em meu horário de almoço para cobrir horários faltados por ter levado um filho no médico.
Sempre trabalhei estando doente, desde que conseguisse levantar e andar, eu ia trabalhar. Ao mesmo tempo em que via colegas faltando uma vez por semana e trazendo atestado médico eu me esforçava pela empresa. 
Não estou aqui julgando ninguém, como já disse no início, estou contando minhas experiências. Nunca vi meus patrões como meus inimigos, mas como meus parceiros, quem poderia me dar o dinheiro que eu precisava para viver, por isto meu interesse sempre era contribuir para que as empresas crescessem.
E sempre trabalhei querendo ganhar mais do que ganhava.
Depois de um tempo, de mostrar meu trabalho, de ajudar todos os que eu podia ajudar dentro da empresa e me tornar uma pessoa difícil de ser substituída, eu pedia uma reunião com os patrões e expunha minha necessidade de um melhor salário. Sempre muito educada, explicava porque eu achava que merecia um aumento e pedia para me testarem por um período de tempo, que geralmente durava um mês. Neste período eu sabia que era observada, mas trabalhava normalmente, como de costume. Só que desta vez com os patrões me observando.

Resultado de imagem para DIGIFLASH

Entendeu até aqui? Eu sempre me esforcei para fazer o meu melhor. Mas sabia que o  patrão não via aquilo, para eles estavam me pagando bem desde o início. Eu consertava todos os problemas da minha função durante um prazo, até ter certeza de que eu estava fazendo o máximo possível dentro dos dias trabalhados. Então, em um determinado prazo eu pedia para me colocarem à prova. Com isto tinha certeza de estar sendo observada e TODAS  as vezes que pedi aumento consegui exatamente o aumento pelo qual tinha pedido ou em duas vezes consegui que o patrão me pagasse de aumento mais do que eu  pedi.
Se você pensa como um indivíduo consegue ver em si mesmo qualidades que outros colegas de trabalho não possuam. Se está num cargo que pague salário baixo esforce-se para melhorar de cargo. Lute por si mesmo. Porque existem muitas pessoas que literalmente ‘batem o ponto’ e o dia de trabalho pra elas se resume a isto. Estas pessoas não merecem ter seu salário aumentado, é simples de pensar nisto. Nem todo mundo é igual. Nem todos têm a mesma motivação. Se você for tentar levar as dores de todos nas costas vai ficar amargurado e com raiva dos patrões. Mas se lutar para se sobressair vai colher os frutos do que plantou. Orgulhe-se do teu trabalho e de quem você é e encontre o prazer de executar teu trabalho, só assim você vai conseguir o salário que deseja.

Resultado de imagem para PESSOA DORMINDO NA MESA DE TRAB ALHO

Vou parar meu relato por aqui. Espero ter ajudado alguém com esta história. Não vou continuar porque senão vou ter que entrar nas partes infelizes e hoje só quero contar a parte feliz de ser uma empregada assalariada na minha vida.
Não estou aqui fazendo militância contra greve, mas quero mostrar que existem saídas que não façam outras pessoas sofrerem porque você quer que teu salário seja aumentado. Não simpatizo com greves, porque elas prejudicam pessoas inocentes ao caso, mas também sei que ela é a solução para o problema do de algum tipo de operário. Sei que é um direito adquirido pelas massas mas quero te incentivar a pensar como um indivíduo e saiba que tem saída para teu problema, se você se esforçar. Faça o teu melhor. E receba os bônus por isto.


Grupo MODELAGEM, onde você aprende modelagem  industrial e corte e costura sob medida:

Se você não conhece o Grupo ESTILISTAS  te convido a participar:
https://www.facebook.com/groups/desenhodemodaeestilismo/


E este é meu primeiro livro: MODELAGEM FEMININO ADULTO. Ele é um curso completo de modelagem industrial e corte e costura sob medida:

(Clique na imagem para abrir o vídeo)


Beijos.